A presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, considera que em resultado de factores como a procura para a prática desportiva e para a fruição de espaços naturais de grande beleza, o turismo em Setúbal “tem crescido como nunca cresceu”. A revelação foi feita na sessão de abertura do Congresso Internacional “Turismo Activo, Desporto, Natureza e Sustentabilidade”, que decorreu no dia 12 de Abril, no Instituto Politécnico de Setúbal.

“Somos uma das regiões do país com o crescimento turístico mais sustentando, a região onde há ainda muito por conhecer e explorar, com a plena consciência de que temos de promover este desenvolvimento sempre com os olhos postos na sustentabilidade e na protecção dos nossos preciosos recursos naturais”, frisou Maria das Dores Meira.

O rio Sado e a Serra da Arrábida oferecem “condições naturais excepcionais” e são “importantes fatores de desenvolvimento do desporto e do turismo locais”, pelo que a autarquia “tem trabalhado muito nos últimos anos para evidenciar estas capacidades”, concluiu.

Em 2017, a Casa da Baía, um dos cinco postos de turismo municipais, recebeu 135.496 visitantes, o que se traduz num aumento de 144 por cento em relação a 2016, quando se registaram 55.329 visitantes e o  Moinho de Maré da Mourisca acompanhou este crescimento, com um total de 84.585 visitantes em 2017, face aos 39.869 de 2016, o que corresponde a um crescimento de 112 por cento”.

A maioria dos turistas atendidos nos postos municipais em 2017 é proveniente de Espanha, país que representa 23 por cento do número total. Em segundo lugar surgem os franceses, com 22 por cento.

Outro indicador do aumento crescente da procura de Setúbal por parte de turistas revela que as dormidas na hotelaria local aumentaram de 225.022, em 2016, para 237.777, em 2017. As pernoitas de cidadãos estrangeiros cresceram 13 por cento, graças às 112.243 dormidas em 2017, contra as 99,179 no ano anterior.

Fonte: https://setubalmais.pt/turismo-com-crescimento-forte-em-setubal/